Pedra Dolomita

A pedra dolomita é um cristal muito conhecido desde tempos remotos pela sua fantástica habilidade em atuar na cura de problemas ósseos e de pele. Tal propriedade até hoje é muito utilizada, pois foi muito difundida entre os esotéricos que conseguiram comprovar a sua forte atuação energética nesses problemas.

Não raro várias pessoas têm recorrido a dolomita durante a recuperação de acidentes graves durante a internação nos hospitais, incidentes esses que culminaram com ossos quebrados ou fraturados, diferentes problemas nas articulações, encaixes, etc.

Leia o artigo em sua íntegra e conheça os principais detalhes à respeito desse cristal que poderá mudar a sua vida para sempre! Duvida? Então prossiga!

Propriedades gerais da pedra dolomita

Dolomita

Ao falarmos das propriedades da pedra dolomita, não poderíamos esquecer dos seus efeitos relaxantes e calmantes. Pois, não raro, muitas pessoas hoje em dia utilizam uma série de medicamentos pesados para conseguirem conter a ansiedade, relaxar e até mesmo dormir. Não que você deva substituir o medicamento indicado pelo seu médico, mas como tratamento auxiliar portar um mineral desses ajuda bastante.

Exatamente por isso é cada vez mais comum observarmos ela sendo usada por praticantes de yoga, meditações e seções de relaxamento, pois seu poder calmante consegue suavizar qualquer ambiente. 

Podemos ainda destacar o seu papel de fomentar o lado alegre de qualquer pessoa, sendo por isso indicada para aqueles que possuem a tendência no desenvolvimento da depressão e todos os seus derivantes. 

Origens do nome da pedra dolomita

Ainda hoje não se sabe ao certo sobre a sua origem natural, contudo o seu nome guarda relação com tudo aquilo que é real, ou melhor, que representa a realidade.

Talvez um nome adequado para um mineral que é capaz de transformar a realidade de qualquer pessoa, acreditam alguns esotéricos.

Benefícios e efeitos terapêuticos da pedra dolomita

Como dissemos anteriormente ela é excepcional como coadjuvante no tratamento de problemas ósseos e de pele, dentre os quais podemos destacar: osteoporose, fratura, fissura, baixa estatura, micoses, doenças da hipoderme, etc. Além de uma poderosa relaxante.

Mais que isso, ela também é capaz de atuar em outra gama de problemas de saúde, tais como: esclerose, problemas cardiovasculares, hipotireoidismo, hipertireoidismo, todas as doenças possíveis associadas ao pâncreas, problemas variados nos testículos, ovários, etc.

Vale destacar também sua poderosa ação no campo mental, proporcionando  alegria de viver, sensação de leveza da alma e eliminação da mudança brusca de humor. Especialmente para esse último problema é que muitas mulheres tem recorrido a dolomita com o objetivo de ajudar nas reações sentidas durante a fase da menopausa.

Os signos associados à dolomita

Suas poderosas propriedades conferem benefícios extremos a todos os signos, no entanto ela casa perfeitamente com a energia vibracional dos arianos, ajudando-os a conter algumas das suas principais características negativas: impetuosidade, agressividade e seriedade excessiva.

Alguns esotéricos acreditam que ela também tem ação diferenciada naqueles signos cujo o elemento é regido pelo fogo: aries, leão e sagitário.

As profissões beneficiadas pela ação da pedra

Há uma certa controvérsia nesse tema em específico, no entanto podemos destacar alguns grupos de profissionais que são favorecidos diretamente pela ação energética da pedra, seja no próprio corpo ou no ambiente em que exerce sua função: profissionais que trabalham na saúde, professores, místicos, religiosos, militares, etc.

Devido ao seu poder de relaxamento, ela também é indicada para profissionais que atuam no bem estar do corpo, entre os quais destacamos: personal trainer, professores de educação física, mestres de yoga, centros de acupuntura, etc.

Como usar a pedra dolomita

Agora que você conhece as principais características da pedra dolomita é importante que saiba usá-la corretamente, visando extrair da mesma o máximo do seu potencial curativo e vibracional.

Para facilitar o seu entendimento vamos dividir a forma de usá-la de acordo com os objetivos que você possa pretender: benefícios terapêuticos, benefícios espirituais e benefícios no ofício.

Caso o seu interesse seja algum tipo de benefício terapêutico aconselhamos que encontre algum local bastante confortável, deixe uma amostra de dolomita no meio do peito, feche os olhos e imagine a coloração da sua pedra envolvendo todo o seu corpo, de maneira a expulsar a doença e trazer o bem estar.

Caso seu objetivo seja a elevação espiritual ou mesmo o favorecer na atividade de meditação, recomendamos que procure sua conexão com Deus, conforme você já está acostumado e posicione um exemplar da pedra (obviamente de tamanho bem reduzido) no meio da testa, ou seja, no espaço correspondente a terceira visão.

Por último, caso o objetivo seja alcançar benefícios profissionais, tais como uma promoção, destaque em alguma atividade ou até mesmo proteção na execução das tarefas, é bom deixar um exemplar próximo de onde você passa mais tempo durante a jornada de trabalho, num local em que ninguém possa ficar colocando a mão e trocando energias com a mesma, pois assim perderia a sua finalidade.

Imagens:

E você gostou de saber sobre os benefícios pedra dolomita e o seu significado? Já conhecia este mineral? O que achou?

<< ver mais significados dos cristais

(1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *